terça-feira, 20 de outubro de 2009

Tranqüilidade






Em meio ao caos sempre existe uma esperança
Acordei tranqüilo essa manhã
Ontem passei momentos de felicidade
As coisas nem sempre são como a gente quer
Mas é isso que faz a vida ser perfeita
Momentos inesperados
Que causam extremo prazer.
Lugares inpensados, beijos não imagináveis.
Dormi como dormem os anjos.
Acordei como se estivesse no céu.
Esperar mata a alma, destrói momentos como este vivido.
Cada dia que passa, percebo que é preciso paciência.
Paciência é a chave de um futuro próspero
Não vou negar que queria agilidade nos acontecimentos
Mas é nescessário saber esperar.
Sonhei com seus abraços e seu carinho
Acordei sozinho. Mas sereno.
Hoje consigo entender porque me pede calma
As possibilidades vão aumentar
Na hora certa.
É preciso plantar e cultivar
Os frutos serão bons.



Nenhum comentário:

Postar um comentário