sábado, 6 de novembro de 2010

Busco um amor

 

A catástrofe da vida se chama amor
Amar é a disciplina mais difícil de aprender
Com o passar do tempo achamos que aprendemos
E a cada dia, descobrimos que não acabou
Vivemos nossa existência tentando aprender e mesmo assim
Impossível saber tudo
Aprendemos até no último fôlego de nossa caminhada
Gostaria de saber como alguns casais sobrevivem neste mundo louco
Como conseguem guiar seus relacionamentos
Sem desanimar
A dificuldade maior de um relacionamento
É prosseguir quando surge o primeiro impasse
Acredito que as tribulações nos fazem fortes
Tornam os relacionamentos seguros e maduros
Infelizmente meus convívios amorosos
Terminam no primeiro desfiladeiro
E tenho que subir sozinho
Sofro porque não é fácil cair
E levantar só... pior ainda.
Não julgo meus relacionamentos
Muito menos as pessoas que por eles passaram
Mas será que é tão difícil tentar dar certo?
Sinto disposição de lutar pelo que quero
Mas como diz o ditado:
“Quando um não quer, dois não brigam”
Prossigo só
Em busca de alguém que esteja disposto a lutar comigo